Informação de base

22/Jun/2012 | 2999-PT

STANDARD 100 by OEKO-TEX® -

Um jogador global com vista à “Confiança nos Têxteis”

Zurique (hm) A norma STANDARD 100 by OEKO-TEX® foi apresentada ao público apenas em 1992, após um trabalho de preparação de vários anos, e assume-se como um sistema de verificação e certificação mundialmente reconhecido, a qual abrange e regulamenta, no âmbito de testes de laboratórios abrangentes, a utilização de possíveis produtos nocivos nos têxteis. Os produtos têxteis distinguidos com a marca OEKO-TEX® apenas quando todos os componentes corresponderem aos critérios de verificação exigidos, o que inclui acessórios tais como rebites, botões, fechos de correr, acolchoamentos etc.

Na base das verificações de produtos nocivos está um catálogo de critérios cientificamente fundamentado com mais de 100 parâmetros individuais. Os critérios de verificação são internacionalmente vinculativos e são ajustados anualmente às novas descobertas. Na sua íntegra, vão claramente muito além das legislações nacionais. Em relação às diferentes especificações de produtos nocivos e normas ambientais nos países de produção, sobressaem no que respeita a transparência e comparação. Têxteis com a marca de controlo OEKO-TEX® dispõem de características favoráveis para o contacto com a pele, independentemente de onde tiverem sido produzidos, mantendo a sua funcionalidade, capacidade de manutenção ou actualidade.

As verificações de produtos nocivos OEKO-TEX® podem ser aplicadas em todos os níveis de processamento (matéria-prima, fio, tecido, produto acabado) e têm sempre em vista a respectiva finalidade dos têxteis. Quanto mais intensamente um produto entrar em contacto com a pele, maiores serão as exigências que deverá cumprir. Assim, para artigos para bebés (classe de produto I OEKO-TEX®) aplicam-se os valores-limite mais exigentes de todo o sistema de verificação, seguidos dos têxteis usados em contacto com o corpo (classe de produto II, por ex. roupa interior e outras peças de vestuário), produtos sem contacto directo com a pele (classe de produto III, por ex. casacos, sobretudos), bem como materiais de revestimento (classe de produto IV, por ex. cortinas, artigos de mesa).

A norma STANDARD 100 by OEKO-TEX® é usada pela International Association for Research and Testing in the Field of Textile and Leather Ecology (OEKO TEX®), uma associação de 18 institutos de verificação independentes com representações em todas as regiões mundialmente relevantes da produção têxtil. Por parte dos fabricantes, actualmente participam mais de 10000 empresas têxteis e de vestuários em 100 países na certificação OEKO-TEX®. No total foram emitidos já mais de 160 000 certificados para milhões de produtos de todos os grupos de artigo.

Assim, a marca OEKO-TEX® assume-se como a marca de controlo mais conhecida e bem sucedida, tendo-se estabelecido como medida de segurança fixa no âmbito da cadeia têxtil. As empresas da indústria têxtil usam os critérios OEKO-TEX® com sucesso como um instrumento adicional à segurança da qualidade. Pelo consumidor final, a marca OEKO-TEX® é vista desde há anos como uma ajuda fiável na compra e venda de têxteis, e desfruta actualmente na Europa da mesma expansão e reconhecimento como as grandes marcas de produtos.

>> www.oeko-tex.com

Ir para vista geral

Contacto

Helmut Müller

Telefone

+49 7143 271-709

Fax

+49 7143 271-94709

Helmut Müller

Downloads