Artigo confeccionado

Para manter os encargos adicionais de uma certificação OEKO-TEX® dentro dos limites, também para as confecções, o sistema OEKO-TEX® permite expressamente a utilização de matérias-primas já certificadas pela OEKO-TEX®.

Produtos finais confeccionados necessitam, porém, de um número de ensaio próprio, mesmo que todos os componentes já tenham sido verificados e certificados com sucesso segundo a STANDARD 100 by OEKO-TEX®.

Cada empresa de confecções tem, por seu lado, de participar activamente na certificação OEKO-TEX® no que diz respeito à sua fase do processo, para poder atribuir um número de licença próprio aos respectivos produtos. O produto final não pode ser portador de vários rótulos OEKO-TEX® nem lhe pode ser colocado um número de certificado de componentes individuais já certificados.

Com a ligação contratual é garantido que a confecção não cumpre requisitos do catálogo de critérios da OEKO-TEX® apenas em casos isolados para os seus produtos, mas sim que a segurança do produto consistente exigida foi integrada na garantia de qualidade interna.